A tendência de Marketing que nunca sai de moda: Humanidade

Atualizado: 12 de set.

Os profissionais da área que estão sempre em busca das últimas ideias para atingir um público, confirmarão: há uma tendência que nunca sairá de moda: fazerem-se encontrar no outro lado da linha / do anúncio / do email como alguém com quem o seu alvo se relacione.

É engraçado analisar uma resumida evolução (cíclica!) do Marketing de vendas:

Começa nos primórdios do 1 para 1 em vendas porta a porta, o vendedor tentava vender o seu produto a abordar cada pessoa.


Cosméticos Nally. (Pó de arroz Marquitta). in Ilustração, n.º 86, 16 de Julho de 1929
Cosméticos Nally. (Pó de arroz Marquitta). in Ilustração, n.º 86, 16 de Julho de 1929

A generalização da publicidade, dirigida a qualquer individuo indiscriminadamente, teve o seu boom em meios de comunicação unilaterais (televisão, outdoors, cartazes), e tinha resultados porque esses meios de comunicação eram novidade. Esses anúncios / publicidades eram verdadeiras peças de entretenimento / arte.

Estes meios deixaram de resultar aquando da massificação desses anúncios nos meios unilaterais. O público passou a estar assoberbado por essa exposição e deixou de prestar atenção.

O afunilamento do público e criação de personas, para fazer chegar a publicidade do produto a quem realmente poderia ter interesse, veio com a chegada da Internet, pois são os meios digitais que permitem rastrear preferências.

Ainda assim, a saturação desses meios, tira a nossa atenção dessas peças - e pense: qual foi a última publicidade que viu, clicou e comprou? - o que nos faz voltar à linguagem 1 para 1 para chegar a uma audiência exausta.



Como tornar o meu Marketing humanizado?

As pessoas querem ver pessoas atrás de negócios, não só fotos (apontamento já há muito usado no ramo imobiliário), mais humanidade.


A pandemia trouxe uma facilidade enorme em manter contatos remotos.


- Reúna ou faça uma chamada / mensagem por mês, como contato de conforto, a perguntar se está tudo bem, antes até de querer vender um novo produto. Preocupe-se.


- Active o Whatsapp no seu número de trabalho, esteja disponível para tirar dúvidas, ajudar em compras existentes ou dar dicas de utilização de produtos passados. Torne-se genuinamente útil.


- Configure o perfil do seu email para que mostre fotografia, contatos alternativos e link de perfil de Linkedin. Seja real.


- Mostre-se nas redes sociais. Interaja com os clientes, mostre a experiência de utilização dos seus produtos. Melhore com feedbacks e peça a clientes satisfeitos que o referenciem. Faça-se valer de experiências verdadeiras.


- Crie grupos sociais com pessoas do público-alvo, para que haja partilha de experiências dos seus produtos / serviços, que sendo úteis a estes pela sua qualidade, troquem essa referência entre si. Torne o seu cliente no seu melhor divulgador.



Em resumo, envolva-se no Marketing da sua empresa e dê mais de si, refletindo também aquilo que gostaria de receber de uma bom atendimento / produto / serviço. Essa experiência mais humanizada do usuário tornar-se-á uma boa e mais próxima experiência que vai ser a sua arma de Marketing, a trabalhar, quase sozinha, em retorno para o seu negócio.